Born in Huambo, Angola, and currently living in Porto, Portugal, Paulo Patrício is an avid collector of collections and has a craze for islands. With a soft spot for storytelling, he works across different media, swapping with ease from design, to writing, drawing, film directing or live performances.

In those areas, he as contributed and worked for – among many others – the following publications, organizations, publishers and corporations: Accademia Nazionale di San Luca (Italy), Amnesty International – Mexico, Animais – AVPL, BPI, CIE Jacques Delors, COR Architects, International Red Cross & Red Crescent Movement, Die Wochenzeitung (Switzerland), L’Association (France), Expresso, FNAC, EDP Foundation, Pictoplasma (Germany), Público, Quaternaire, Take It Easy, TecMinho, Order of Portuguese Architects, ZdeO.

If you have an interesting project, or just want to say hi, please contact him at: info [at] paulopatricio.com.

For more details, please download his CV here.

Also, check his blog out.


Paulo Patrício nasceu no Huambo, Angola, passou por muitos lugares, vive actualmente no Porto, é um coleccionador de colecções, tem um fraquinho por boas histórias, chamuças e faz, literalmente, trinta por uma linha. O que é natural, tendo em conta que divide a sua actividade entre direcção de arte, performance ao vivo, desenho e realização.

Dentro dessas áreas colaborou, entre muitas outras, com as seguintes publicações, instituições, editoras e empresas: Accademia Nazionale di San Luca (Itália), Amnistia Internacional – México, Animais – AVPL, BPI, CIE Jacques Delors, COR Arquitectos, Cruz Vermelha Internacional & Crescente Vermelho, Die Wochenzeitung (Suíça), L’Association (França), Expresso, FNAC, Fundação EDP, Pictoplasma (Alemanha), Público, Quaternaire, Take It Easy, TecMinho, Ordem dos Arquitectos, ZdeO.

Se tiver um projecto interessante ou sente uma vontade enorme de dizer olá, entre em contacto através do seguinte endereço: info [at] paulopatricio.com.

Para mais detalhes, pode descarregar o CV dele aqui.

Não se esqueça de dar um salto ao blog dele, onde encontra textos, desenhos, etc.